Louvei ao entender

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012 2 comentários




E eu procurando as palavras certas pra me declarar
Tentando encaixar a melodia
Forçar um devaneio, uma Epifania
Quando Ele me tomou a Si
O Espírito

Me fez entender que tudo que eu sabia
Não me levaria a ganhar o Céu
Nem o que eu sentia era real
Mas era Deus
Mas era eu
Em ato de fé
Tão somente fé
Em pureza e fé

E o Espírito me deu
Àquilo que eu podia
Quando entendeu que tudo o que eu queria
Era Adorar

E eu que pensava que Ele me deixaria
Que a cada erro me castigaria
Quanto em nada me repudiou
Disse apenas creia o Pai me enviou

E o Espírito meu deu
Àquilo que eu podia
A revelação de Sua Sabedoria
Ciência de Fé inspirada pelo Senhor

Como relva verde de um novo dia
Feito um vaso novo Ele me fazia
Alabastro como Ele queria
Eu era barro nas mãos do Oleiro
Que era o Senhor


E o Espírito me deu
Àquilo que eu podia
Quando entendeu que tudo o que eu queria
Era Adorar
Adorar
Adorar

Adonai
Adorar
El Shadai
Adorar
Eloin
Adorar
Shalon
Adorar
Yeshua Hamashia


2 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB