Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Clones e Originais

Os conceitos, os preceitos, as conclusões, até mesmo as dúvidas, o signo, o tipo sanguíneo, a cultura, o idioma, o dinheiro, todas as mídias, o clima, o próprio nome, a família ou falta dela, a sociedade, enfim... nós formamos a sociedade que nos forma.           A consciência tem seu núcleo e externos, é muito superficial definir e ser definido por aspectos que te preenchem quando na verdade a sua essência é o que em menor quantidade tem de original em você. Os paradigmas antigos da “massa social” vêm em declínio depois de algum tempo, na decorrência de fatos que tiveram uma influência global. As regras mudam, mas nunca deixam de existir, limites que subsistem por causa das divergentes formas de pensar e agir de uma parte da massa, por exemplo, não havia leis para os homens primitivos, eles matavam de acordo com a necessidade da ocasião, os homens modernos matam por ganância, psicose e vingança, então os homens modernos criam leis para punir o próprio homem moderno.       Sa…

Duas garrafas de Whisky

Meu prazer hoje é em ti perturbar
Tirar teu sono como me aconteceu
De noite na sala de estar uma garrafa de whisky vazia

Troca a roupa já vai se deitar
Os pensamentos em forte profusão
Abre a janela pra tomar um ar
E a garrafa de whisky vazia

Levanta-se, como era de se esperar
No relógio já são três da manha
Vai à cozinha, pela sala de estar
E no reflexo a figura tão sozinha.

Tenta fugir, mas não pode evitar
Das lembranças das juras de amor
Nosso primeiro beijo a luz do luar
Nosso primeiro sexo na sua sala de estar

Encara o telefone pensa em me ligar
Não tem coragem o sol ainda não chegou
As 3h30 pensa em ir deitar
E outra garrafa de whisky aberta

As 4h15 começa a se perguntar
Se a culpa é minha ou se é sua também
Sem perceber começa a chorar
Já uma dose de whisky vazia

Decide ver um filme liga a TV
As 5h5 não vem a distração
Vai ao banheiro, um banho não faz esquecer
À sua pele chama o toque da minha mão

As 6h15 vai se deitar

Se joga a calma a cabeça a girar
Mesmo acordada os pensamentos sem direção
Em seus lençó…

Encontro

As palavras mascaradas, o sorriso diz que quer um beijo
O olhar destila paixão, disfarçando sentimento
Controlam emoções dentro do nosso ser, predomina o desejo
Eu procuro as palavras que eu não sei dizer

No momento do silêncio um tenta adivinhar o que o outro pensa
E os olhos revelam o que não dá pra disfarçar, toda a consciência
A escrita entrelinhas dessa relação, o futuro que espera dessa intenção.

O Resto do Fim

É como se no meio da história
Eu soubesse qual seria o fim
E no paralelo da memoria
Eu perdesse o tempo e as lembranças

É como se fosse a última canção
É como se fosse o último verso do poeta
É como se fosse o último acorde do acordeom
É como se fosse o ultimo som

É como se fosse o ultimo grão de poeira
É como se fosse a última folha que cai
É como se fosse o brilho da última estrela
É como se fosse a voz do sábio que restou

É como se no meio da história
Eu soubesse qual seria o fim
E no paralelo da memoria
Eu perdesse o tempo e as lembranças

É como se o ultimo sonho realizasse
É como se o último beijo fosse em você
É como se a visão da primeira miragem
No resto do fim pudesse acontecer

É como se fossem as últimas bandeiras de fogo do crepúsculo
E não houvesse novo nem ultimo amanhecer
É como se dissesse o ultimo verbo
E o Verbo vivo aparecer
Ali seria a última visão que os meus olhos poderiam ter
É como se no meio da história
Eu soubesse qual seria o fim
E no paralelo da memoria
Eu perdesse o tempo e as lem…