Sexo Irônico, social

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012 3 comentários


Ela só queria meu sexo
Meu corpo pesado sobre o dela
Só queria meu beijo
Minhas palavras obscenas
Só me queria na  sua cama
Despido e desprovido de devesa
Entregue aos seus prazeres
As pulsões do seu corpo

Ela não queria meu romance
Não queria minha poesia
Ela não queria minha canção
Tão pouco ou menos meu coração
Mesmo que eu quisesse à entregar

Eu dei
Dei apenas o que podia
Apenas o que ela queria
Na esperança de fazer tão bem
Que depois ela queira mais
Mais daquilo que eu dei
Então mais que isso
Ela me deixasse me dar.


3 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB