Quem olhar

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011 2 comentários



Pode ser muito
Pode ser nada
Pode ser tudo
Que acho nesta estrada

Pode ser vida
Poder ser morte
Pode ser luta
Ou pode ser sorte

Vai depender de quem olhar
Pra entender o que a vida quer dar
Nada se perde porque nada é seu
O que se esquece é o que não viveu

Pode ser beleza
Ou podridão
Pode ser tangível
Ou ilusão

Pode ser um tempo
Ou solidão
Pode ser luz
Ou escuridão

Vai depender de quem olhar
O que se vê pode se transformar
E enxergar o que se move dentro
E refletir na visão do sentimento

Pode ser sonho
Ou utopia
Pode ser a realidade
Na fantasia

Pode ser esperança
Ou desistência
Pode ser a fé
Fora da crença

Vai depender de quem olhar
Como viver e tudo o que desejar
Como atingir a decisão do momento
E reagir ao impacto do tempo

Que os olhos nunca estejam feridos
Que sempre reflitam o brilho do paraíso
Que enxerguem a verdade e o amor
Este é o nosso desafio

Vai depender de quem olhar
Ainda existe o bem
Bons olhos vão enxergar (4x...)

2 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB