Tudo por Acaso - Lenine

quinta-feira, 17 de novembro de 2011 0 comentários
      Osvaldo Lenine Macedo Pimentel, que o conhecemos como apenas Lenine, é pernambucano de Recife, inclusive tem o nome na cadeira 38° da Academia Pernambucana de Letras, a história de Lenine é imensa, vou dar enfase maio na categoria homenagem ao cantor, mas música indica, agora, é Tudo por Acaso
______________________________________________________________________________




Eu sei!

Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera distração...

Eu sei!
Por impaciência
Por obediência
Pura intuição...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Pelo sentimento
Pelo envolvimento
Pelo coração...

Eu sei!
Pela madrugada
Pela emboscada
Pela contramão...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e dimensão
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei
Por qualquer poesia
Por qualquer magia
Por qualquer razão...

E eu sei!
Tudo por acaso
Tudo por atraso
Mera diversão
Mera diversão...

Qualquer dia
Qualquer hora
Tempo e direção
O futuro foi agora
Tudo é invenção...

Ninguém vai
Saber de nada
E eu sei!...

0 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB