Minha namoradinha

sexta-feira, 18 de novembro de 2011 0 comentários





Poesia em construção
____________________________________



Minha namoradinha


Aquela menina que sorria sempre quando olhavam pra ela
Nem precisava perguntar,
Sempre contende temperante, sorridente.
Tão feminina, mas sabia se cuidar.
Tão linda, atraente, interessante, inteligente.
Todos os garotos queria ficar com ela

Fui me aproximando, tudo nela sondando
Desejos, gostos até eu me apaixonar
Acha ser o menor dos que se interessava por ela
Talvez eu era

Mas quando ela entrou no meu olhar
Eu fiz charme e ela pegou
Então, no laço, embaraço começou

Minha namoradinha, tão feminina tão mulher
Minha namoradinha, jeito de menina adolescente eterna 

Aquela menina ficava sobre a grama olhando o céu
E eu ao lado dela assistindo ao luar
Quando a casa vazia eu e ela, já sabem o que acontecia
Mas não vou contar

Minha namoradinha, tão feminina tão mulher
Minha namoradinha, jeito de menina adolescente eterna 

0 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB