Minha verdade

quarta-feira, 6 de julho de 2011 0 comentários


Não foi a história nem o tempo
Nem um simples momento
Não foi o Céu nem o inferno do medo


Meu sucesso particular
Uma paz interior
É o que eu entendo é o que eu sinto desse amor


O que me move, me comove
Me impulsiona além da minha fé
O que me sustenta, compadece
Me mantém de pé


Meu sucesso particular
Uma paz interior
É o que eu entendo é o que eu sinto desse amor


O que me faz acreditar?
O que me faz ainda ter fé?
Confiar a ponto de entregar o próprio coração
(volta ao inicio)


Receber sem desfalcar, perceber a sensação
E juntar o que eu sinto com a razão
Não quebrar a minha essência
Mas quebrar a emoção
Ouvir tua consciência e as batidas do teu coração
_____________________________________________

0 comentários:

Postar um comentário

Sem contemplação, o interessante é a participa-ação, Comente bem

 

©Copyright 2011 O narrador | TNB